Vinhos para harmonizar com o seu almoço de Páscoa

cinco-vinhos-para-se-refrescar-no-calor
5 Vinhos Rosés para refrescar no verão
15 de março de 2019
5-lugares-para-tomar-vinho-em-são-paulo
5 lugares para tomar vinho em São Paulo
25 de abril de 2019
Exibir tudo

Vinhos para harmonizar com o seu almoço de Páscoa

vinhos-para-harmonizar-com-seu-almoço-de-pascoa

A Páscoa é aquele feriado tão esperado para reunir a família e os amigos.
Com um significado muito especial, é uma ótima oportunidade para celebrar os bons momentos da vida com as pessoas que amamos.
E cá entre nós, existe maneira melhor do que celebrar a vida do que em torno de uma mesa? Se tiver vinho, melhor ainda!

Para não bater aquela dúvida sobre qual vinho escolher, e fazer uma boa escolha, é preciso levar em conta o cardápio e variar a bebida com os diferentes pratos que serão servidos.
Para facilitar, preparei algumas dicas de vinhos que harmonizam com alguns dos pratos tradicionalmente servidos nessa data.

Entrada

As entradas ou aperitivos vão abrir o apetite para os pratos principais. É muito importante que os vinhos que não se sobreponham aos alimentos nem aos próximos vinhos que virão ao longo do almoço.
– Para saladas, opte por vinhos brancos e frescos, como os das uvas Sauvignon Blanc e os Pinot Grigio.
– Para o tradicional bolinho de bacalhau, pode optar por vinhos brancos leves e aromáticos, das uvas Chardonnay e Sauvignon Blanc. Os espumantes também são uma ótima pedida, frituras necessitam de um pouco mais de acidez para harmonizar.
– Se o caso for tábua de queijos e embutidos, devido ao mix de sabores de intensidades diferentes, escolha um tinto leve, como Pinot Noir, Gamay ou até mesmo um rosé.

Prato Principal

Acredito que o bacalhau, peixes e frutos do mar em geral, farão parte da grande maioria dos almoços de Páscoa.
Uma típica harmonização portuguesa, são os brancos com boa acidez como o Pinot Grigio, para acompanhar um bacalhau simples.
Se o prato for o bacalhau ao forno, que leva mais ingredientes, como pimentão, ovos e azeitonas, e tem sabor mais complexo, aconselho os brancos que amadureceram em barricas de carvalho, pois geram mais sabor ou tintos leves Portugueses.

O vinho verde também vai muito bem com receitas preparadas com peixes brancos (bacalhau, linguado, tilápia, pintado) e pode ser uma opção coringa para seu almoço de Páscoa.

Não vai ter peixe? Fica tranquilo, se escolheu fazer alguma opção com carne, opte por um tinto elegante e com sabor, com taninos suaves e boa acidez.
Os vinhos de médio corpo e encorpado são perfeitos nesse caso, como os das seguintes uvas: Merlot, Carménère, Cabernet Franc, Montepulciano, Sangiovese ou Zinfandel. Se preferir os encorpados, vá de: Cabernet Sauvignon, Malbec, Pinotage, Tempranillo, Touriga Nacional ou Nero D’Avola.

Sobremesa

Me atrevo a dizer que essa é a melhor hora! E que fica melhor ainda quando harmonizada com um bom vinho.
O vinho do Porto ou os rótulos de colheita tardia (também conhecidos como Late Harvest) são ótimas alternativas devido ao sabor mais adocicado e aspecto licoroso. E causam uma explosão de sabores quando apreciados com um chocolate.

O meio amargo, por exemplo, tem seu sabor ressaltado quando harmonizado com vinhos como os Porto Ruby. Já o chocolate ao leite, cremes e mousses, o ideal é que a bebida seja ainda mais adocicada, como os Porto Tawny.

Espero que essas dicas sejam só o empurrãozinho que faltava pra você terminar de organizar o seu almoço de Páscoa!
Me conta, qual opção você vai escolher?

Feliz Páscoa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *