Uvas do Chile: quantos tipos você conhece?

aprenda-a-identificar-os-defeitos-de-um-vinho
Aprenda a identificar os defeitos de um vinho
21 de janeiro de 2018
dicas-enogastronomicas-chile4
Dicas Enogastronômicas: Chile
25 de fevereiro de 2018
Exibir tudo

Uvas do Chile: quantos tipos você conhece?

uvas-do-chile-quantos-tipos-voce-conhece

Ainda sobre minha viagem ao Chile, hoje vou falar sobre as uvas que são cultivadas nesse país que amo tanto. Vocês estão ansiosos para os vídeos do canal? Eu estou, rs!!!

Como já compartilhei com vocês, o Chile é um país de clima fresco e muito conhecido pelos seus blends leves e frutados, que lembram o estilo Bordeaux! O país é dividido em três áreas, entre a costa e a cordilheira dos Andes.

A maior região produtora é o Vale Central, seguido por Aconcágua, Sul, Coquimbo, Austral e Atacama. As uvas cultivadas no país são as queridinhas de muitos consumidores brasileiros. Então, nada mais justo que falarmos sobre elas:

uvas-do-chile-quantos-tipos-voce-conhece

1) Vales Interiores

Nos vales interiores, o clima é moderado, e incluem também a região do Vale Central, conhecida pelos seus vinhos elegantes. Essa área produz principalmente os famosos blends tintos, ao estilo Bordeaux, rico em aromas de frutas vermelhas e alta acidez. As uvas responsáveis por isso são: Petit Verdot, Syrah, Carménère, Cariñena (Carignan) e Bordeaux blends.

2) Os Andes

Já pelos Andes, que também tem clima moderado, as vinícolas produzem vinhos tintos com taninos maduros, e nas boas safras, trazem um aroma marcante de frutas maduras e acidez intensa. As uvas mais cultivadas aqui são: Syrah, Cabernet Sauvignon, Cabernet Franc e Carmenère.

3) Costa

A costa tem clima fresco, e é afetada pela fria corrente de Humboldt. Nessa região, destacam-se os vinhos brancos, com toques minerais e acidez marcante como a Chardonnay e Sauvignon Blanc, além de incríveis e suculentos Pinot Noir. As regiões da costa são: Coquimbo, Aconcágua, parte do Vale Central e Valle del Elqui.

O Chile é um país riquíssimo na enocultura, não é à toa que já se consagra como um dos maiores produtores do mundo! O ótimo “terroir” leva muito dos créditos dos incríveis vinhos que lá são produzidos. Mas o cuidado de cada vinícola, no cultivo e processos também valem ouro! Não deixe de degustar os bons vinhos chilenos, e se apaixone assim como eu!
E você, mais alguma curiosidade sobre o país? Me conta nos comentários!
Ah! E não esqueça de se inscrever e ficar por dentro de todos os vídeos no canal: Por aí com Gabi!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *