Porque os vinhos são tão caros no Brasil?

por-ai-com-gabi-miguel-torres
Por aí com Gabi: Miguel Torres
27 de julho de 2018
como-armazenar-o-vinho-depois-de-aberto
Como armazenar o vinho depois de aberto?
8 de agosto de 2018
Exibir tudo

Porque os vinhos são tão caros no Brasil?

porque-os-vinhos-sao-tao-caros-no-brasil

Para quem gosta de ter o vinho incluso no dia-a-dia, sabe que nem sempre os valores são tão convidativos.
Você já deve ter se perguntado porque alguns vinhos são tão caros aqui no Brasil, infelizmente a carga tributária representa mais de 83% do preço dos vinhos importados e contribui para estagnar o consumo da bebida no país.

Para quem costuma viajar para outros países, sabe bem que comprar vinho fora é bastante vantajoso, os preços mais acessíveis e a boa qualidade enchem nossos olhos, e ao retornar para casa, encontramos o mesmo vinho com um preço absurdo. E é por essas e outras que o consumo de vinhos finos no nosso país está estagnado.

O que torna um vinho caro?

Além do processo de produção de um vinho ser longo e delicado, outros fatores contribuem para que o valor fique mais salgado, como por exemplo as leis e legislações que devem ser seguidas de acordo com cada país, entre outras, como:

– Tipos de uvas:

Alguns vinhos trazem uma história muito forte e uma certa tradição em relação as uvas que são utilizadas, tais aspectos têm também ligação direta com o terroir da região.

– Envelhecimento:

Sabemos que os vinhos são capazes de envelhecer, e com isso, alguns, se tornarem ainda melhores, mas para isso é necessário que a química dos açúcares, ácidos e compostos fenólicos sejam muito bem definidos.
Tudo é minuciosamente monitorado desde o plantio, cultivo, até o processo de vinificação e armazenamento, para que tudo saia perfeitamente como o enólogo deseja. Geralmente, a maioria dos vinhos mais velhos, são mais caros.

– Guarda/Armazenamento:

O armazenamento do vinho é bastante importante e depende de três fatores básicos para o sabor e a longa vida do vinho: luz, umidade e temperatura.

– Mercado:

Outro fator que aumenta o preço final dos vinhos é a resposta do mercado. A história e posicionamento da marca ou vinícola também tem grande peso.

No Brasil

Nós já sabemos que viver no Brasil é muito caro em relação a muitos outros países, não só na questão vinho, como em todas as outras.
Temos um governo que nada facilita a entrada de produtos importados, e que obtém tudo que tem via subtração das rendas do trabalho da população na forma de impostos.
E não seria diferente com os vinhos importados, que encaram duras barreiras tributárias para passar pela fiscalização dos portos até que, por fim, consigam entrar em território nacional.

 

E você, ainda tem alguma dúvida sobre o preço dos vinhos aqui no Brasil? Me conta aqui nos comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *