Conheça a bebida destilada do vinho: Brandy

Vinhos: Filtrar ou não filtrar?
2 de junho de 2018
5 dicas de vinhos bons e acessíveis
9 de julho de 2018
Exibir tudo

Conheça a bebida destilada do vinho: Brandy

conheca-a-bebida-destilada-do-vinho-brandy

Se você é um bom apreciador de vinhos, já deve ter ouvido falar por aí sobre os Brandys!
Mas afinal, o que é Brandy? É uma bebida alcoólica destilada, feita a partir de uva (normalmente são utilizadas uvas brancas, que não contém os taninos das uvas vermelhas) ou outras frutas. Uma bebida que pode ser considerada como “digestiva” e usualmente é degustada após as refeições, ideal para estes dias mais frios, por ser uma bebida com alto teor alcoólico.

Produção

O Brandy não implica em região demarcada, mas em forma de preparo e matéria base de elaboração da bebida.
A produção se resume nas seguintes etapas: Fermentação, Destilação e Maturação. E assim, transformar a uva em vinho, seguido da destilação do mesmo.
O processo de maturação tem grande importância para a bebida e as marcas produtoras gostam de ressaltar que seus produtos são maturados em barris de carvalho. E como já falamos aqui sobre os barris, são eles os responsáveis pelos aromas, sabores, arredondamento, equilíbrio e complexidade que darão personalidade, elegância e sofisticação ao Brandy.
Este é um processo bastante demorado, e quanto mais longos anos, mais a bebida “ganha” importância. Para apresentar sua idade, a indústria pode também utilizar certas denominações, classificações que consistem em uma série de siglas, que representam faixas de idade:

– VS: Very Special – no mínimo 2 anos de maturação;

– VSOP: Very Superior Old Pale – no mínimo 4 anos de maturação;

– XO: Extra Old – no mínimo 6 anos de maturação.

(Algumas denominações e siglas podem mudar conforme a marca)

 

Após estes anos de cuidados, chega a hora de concluir o processo de produção. A bebida retirada do barril recebe os últimos ajustes para partir para o engarrafamento.

Nos ajustes, também é possível criar “blends’’ com a bebida, misturando Brandys de diferentes origens, e é comum a adição de água para diminuir o teor alcoólico.

 

Outra coisa bacana de se observar, são as garrafas escolhidas para a bebida, geralmente imponentes e com diferentes formatos e até mesmo algumas bem criativas. Sou fã de garrafas diferentes! Sabemos que o conteúdo é o que importa, mas uma garrafa diferenciada sempre desperta uma vontade extra.

 

E você, gosta de um bom Brandy? Se ainda tiver alguma dúvida, escreve aqui nos comentários!

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *